Câmara dos Deputados deve apurar custo de férias de Bolsonaro

No início do ano passado, parlamentar goiano solicitou explicação parecida e descobriu que houve gastos de R$ 2,4 milhões nas férias presidenciais

O deputado federal goiano Elias Vaz (PSB) vai apresentar, no retorno do recesso da casa legislativa, marcado para fevereiro, um requerimento para apurar o custo total das férias do presidente Jair Bolsonaro (PL), em Santa Catarina. O documento já foi preparado pelo parlamentar.

No início do ano passado, Elias Vaz solicitou explicação parecida e descobriu que houve gasto de R$ 2,4 milhões nas férias presidenciais realizadas entre 18 de dezembro de 2020 e 5 de janeiro de 2021. Foram registrados gastos de R$1,2 milhão no cartão corporativo de Bolsonaro somente neste período.

Neste ano, Bolsonaro passou as férias em Santa Catarina, onde ficou durante a virada de ano. O presidente estava acompanhado da primeira-dama, Michelle Bolsonaro, da filha, Laura, e da enteada Letícia.

As férias do presidente foram alvo de críticas pelo contraste com a situação da população da Bahia. A região sofre com fortes chuvas e já soma 25 mortos.

O ministro-chefe da Controladoria-Geral da União (CGU) explicou, em audiência na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle da Câmara dos Deputados, que as férias anteriores não foram, de fato, férias. O motivo alegado é que o presidente estaria “trabalhando fora do local costumeiro”, apontou.

“Foi colocado no requerimento que ele estava de férias, mas presidente não tem direito a férias. Ele permaneceu trabalhando normalmente. Nos períodos das viagens, ele despachou com seus ministros e assessores e só nesse período assinou um decreto, sete medidas provisórias e sancionou seis projetos de lei”, justificou o ministro-chefe em audiência realizada ainda em abril.

Elias Vaz também deve protocolar pedido para cobrar explicação de uso de verba da Covid-19 para compra de artigos considerados de luxo pelo Ministério da Defesa.

Uma resposta para “Câmara dos Deputados deve apurar custo de férias de Bolsonaro”

  1. Avatar Job disse:

    Será devesse deputado de mandato único não vai fiscalizar os gastos do governo anterior? Claro que não ele não fiscalizará contas dos CARNIÇAS do PT, seu aliado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.