Câmara aprova projeto que obriga divulgação de pessoas desaparecidas em faturas

Atualmente, segundo Policia Civil, 22 pessoas estão desaparecidas em Goiânia

O plenário da Câmara Municipal de Goiânia aprovou, em segunda e última votação durante a manhã desta quinta-feira (25/10), o projeto de lei que obriga empresas a divulgarem imagens de pessoas desaparecidas em seus sites na Internet e nas faturas enviadas aos consumidores.

De acordo com o vereador Tiãozinho Porto (Pros), autor do projeto, a medida vale para contas de fornecedoras de sinal de Internet, TV por assinatura, telefonia fixa e móvel, além das fornecedoras de energia elétrica e água. As faturas deverão conter a fotografia de, pelo menos, cinco pessoas desaparecidas, que serão fornecidas às empresas pela Polícia Civil.

O projeto de lei altera uma leia sancionada em 2010 que determina aos prestadores de serviços municipais, aos órgãos e às entidades da Administração Pública Direta e Indireta do Município de Goiânia a obrigatoriedade de divulgar em seus sites fotos de desaparecidos. Atualmente, apenas em Goiânia, 22 duas pessoas constam como desaparecidas. Os dados são da Polícia Civil.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.