Calendário do FGTS é divulgado nesta segunda. Saiba como consultar seu saldo

Estimativa é de que liberação dos valores retidos injete cerca R$ 40 bilhões na Economia

Foto Marcos Santos / USP Imagens

O Governo Federal deve divulgar, nesta segunda-feira, 5, o calendário de saques do FGTS. Conforme anunciado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, algumas das alterações previstas para o saque dos valores já começam a valer este ano.

Uma delas é o saque de R$ 500,00 por conta ativa ou inativa a partir do mês de setembro. A outra, passará a valer somente em 2020 quando um novo modelo de retirada entrará em vigor: o saque-aniversário.

De acordo com o Governo Federal a liberação dos valores retidos deve injetar cerca de R$ 40 bilhões na Economia. Conforme mostrado pelo jornal O Globo, os trabalhadores da iniciativa privada ou que já tiveram emprego formal poderão fazer os resgates.

Consulta

Para saber se ainda restam valores retidos e, agora, disponíveis para retirada em sua conta, o contribuinte deve fazer um cadastro no site da Caixa Econômica Federal e seguir o passo a passo: Clique em “Benefícios e Programas”. Posteriormente, acesse “Benefícios do Trabalhador/FGTS”. Depois, basta consultar seu extrato.

Para realizar o cadastro no site da Caixa, o usuário precisará preencher os espaços com as informações solicitadas pelo banco: nome completo, data de nascimento, nome da mãe, CPF e identidade. Depois, basta criar uma senha de acesso a plataforma.

Quem já é correntista no banco possui mais facilidades: basta acessar o aplicativo da Caixa e clicar na função “Acessar minha conta”. Em seguida, tecle em “FGTS e INSS”. Depois é só visualizar o extrato.

O procedimento também pode ser feito pelo aplicativo do “FGTS Trabalhador”. A ferramenta está disponível na Google Play, Apple Store e Windows Store. O aplicativo permite que o contribuinte consulte sua conta e veja seus depósitos. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.