Caiado promete avanços imediatos em Goiás e desconversa sobre apoio a presidente

Eleito com 59,72% dos votos, democrata diz que já conversou com atual governador para dar início á transição de governo

Caiado em entrevista coletiva | Foto: Felipe Cardoso

O senador Ronaldo Caiado, eleito com 59,72% dos votos, concedeu entrevista coletiva logo após o fim da apuração e disse à imprensa como pretende governar o Estado nos próximos quatro anos.

Ele ressaltou a vitória no primeiro turno, fato que não acontecia desde 1990. “Quero agradecer a todo o povo do estado de Goiás, neste momento chegando ao governo no primeiro turno que é histórico. A responsabilidade é enorme em deixar claro que queremos construir o governo com ações, com resultados, que o foco principal seja o cidadão goiano. O que nós cobraremos é eficiência, transparência, gestão pública de qualidade e um processo de total pacificação no estado de Goiás”, declarou.

O democrata garantiu que ainda não definiu quem serão os novos auxiliares de governo.”Eu tenho uma base de apoio em que nenhum partido, nenhuma liderança me exigiu cargo nenhum. Terei toda liberdade em consulta e ouvir para escolher os melhores nomes pra compor esse estado”, afirmou.

Caiado disse ainda que conversou com o atual governador, Zé Eliton, por volta das 19h e que já começaram a organizar a transição de poder. “Ele me disse que fará uma reunião com o secretariado amanhã e eu solicitei que nós tivéssemos o mais rápido possível montada uma equipe de transição para que os dados fossem repassados a nós e que nossa equipe já iniciasse um processo de conhecimento da realidade fiscal do estado”.

O próximo governador declarou que a prioridade da gestão será resgatar a confiança do Estado para que volte a contrair empréstimos e saldar débitos imediatos. “Recuperaremos o estado em pouco tempo e Goiás vai ser uma referência no cenário nacional”.

Sobre apoio a candidatos á presidência que disputarão o segundo turno, Caiado disse que nada está definido. “Essa decisão será tomada na terça-feira ás 9h em Brasília”

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.