Caiado e oposição na Assembleia tentam barrar venda da Celg

Senador deve se reunir com líder da bancada do PMDB, José Nelto, para discutir ações políticas e judiciais a fim de impedir privatização, confirmada pelo governo

jose nelto deputado estadual 3

José Nelto organiza reunião com Caiado e oposição | Foto: Reprodução/Assembleia

Está prevista para o início da semana que vem uma reunião entre o senador Ronaldo Caiado (DEM) e a bancada do PMDB na Assembleia Legislativa, a ser promovida no gabinete do líder da sigla na Casa, o deputado estadual José Nelto. Major Araújo (PRP) também deve comparecer ao encontro.

O principal assunto será a privatização da Celg Distribuição (Celg D) pela Eletrobras, agendada para novembro. A venda foi confirmada após recomendação do Conselho Nacional de Desestatização (CND), que incluiu a estatal no Programa Nacional de Desestatização (PND) em publicação no Diário Oficial da União (DOU).

O processo faz parte da negociação entre o estado e o governo federal, que recebeu o controle acionário da empresa goiana em janeiro deste ano. A informação foi confirmada pelo governador Marconi Perillo (PSDB) em abril.

“A oposição lamenta o sucateamento em momento de crise energética”, critica José Nelto. Segundo ele, serão usadas medidas políticas (junto à bancada federal goiana) e judiciais — como a contratação de banca de advogados de São Paulo — para impedir a concretização do negócio. “Isso não pode ser feito sem a devida aplicação de recursos para recuperar saúde financeira da Celg. Mais de 1.500 funcionários serão demitidos em todo o estado.”

Leia mais:
Assembleia da Celg aprova transferência de ações para Eletrobras
A Celg agora vai?
Celg fatura 8 bilhões por ano, vira bom negócio e vai ser privatizada pela Eletrobrás
Governo de Goiás e Eletrobrás vão discutir formatação da privatização da Celg
Caiado quer que ministro de Minas e Energia explique venda da Celg
Empréstimo de R$ 1,9 bi já está na conta da Celg

Deixe um comentário