Caiado diz que PT está parado no tempo e sua existência se baseia em criar “esquemas de corrupção”

Para o senador goiano, partido deverá receber punição milionária por causa do “Petrolão”, que vai acabar por inviabilizar sua existência

Caiado questiona o futuro do PT | Foto: Marcos Oliveira / Agência Senado

Caiado questiona o futuro do PT | Foto: Marcos Oliveira / Agência Senado

O senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) divulgou na manhã desta segunda-feira (20/4) em seu perfil no Facebook um comentário sobre uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo que informa que a cúpula do Partido dos Trabalhadores (PT) teme que a Operação Lava Jato leve à “inviabilização” do funcionamento do partido ou até mesmo à cassação do registro da legenda.

A reportagem indica que existem indícios de que as investigações da Polícia Federal possam levar a sanções financeiras ao partido para ressarcir os cofres públicos pelo “Petrolão”. Caiado disse que os dirigentes do PT “já sabem e se preparam para o grande revés” que pode ser a “punição milionária” aplicada ao partido que, segundo o senador, pode “inviabilizar o partido acostumado às altas somas da propina e do achaque e até colocar em risco a sua existência”.

Ainda segundo o jornal paulista, os petistas estipulam que a multa possa ser de até US$ 200 milhões. Esse número corresponde aos valores das propinas pagas ao PT e ao ex-tesoureiro do partido, João Vaccari Neto, revelado pelo ex-gerente da Petrobrás, Pedro Barusco, em delação premiada.

A aplicação dessa sanção pode ser “o fim” do PT porque, segundo petistas ouvidos pela reportagem, a fonte de arrecadação para pagá-la “secou”. Como divulgado na última sexta-feira (17/4), o Diretório Nacional do partido decidiu suspender o recebimento de doações privadas. “Sem o recurso fácil e abundante de nossos bolsos – porque dinheiro extraído de estatais sai de nossos bolsos – o que vai restar ao PT?”, questiona o democrata.

Confira o comentário do senador na íntegra:

Dirigentes já sabem e se preparam para o grande revés: a punição milionária que deve atingir o PT vai inviabilizar o partido acostumado às altas somas da propina e do achaque e até colocar em risco a sua existência. Sem o recurso fácil e abundante de nossos bolsos – porque dinheiro extraído de estatais sai de nossos bolsos – o que vai restar ao PT? Uma militância que acredita que mensaleiros são heróis e que o Petrolão não passa de invenção da “mídia golpista”. As máscaras vão cair e a legenda vai se revelar como realmente é: um partido ideologicamente parado no tempo cuja existência se baseou nos últimos 12 anos da gestação de esquemas de corrupção e do loteamento da máquina pública.

1
Deixe um comentário

1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Fernando

Grande senador ser for para presidente tem meu voto , fim do PT graças a Deus!!