Caiado diz que PT caminha para perder registro de partido político

Após prisão de Vaccari, senador goiano usou o Facebook para atacar o partido, o qual classificou como “lavanderia”

Caiado no Senado | Foto: Pedro França / Agência Senado

Caiado no Senado | Foto: Pedro França / Agência Senado

Momentos após a prisão do tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, João Vaccari Neto, durante a 12ª fase da Operação Lava Jato, o senador goiano Ronaldo Caiado (DEM) usou o Facebook para atacar o partido.

No post, o líder do Democratas no Senado afirmou que o PT “não tem credenciais de partido político, e sim de lavanderia”. De acordo com ele, o “cerco” está se fechando e tudo caminha para que o PT “perca o registro de partido político”.

Caiado lembrou, ainda, que esta não é a primeira vez que um tesoureiro do partido é preso, investigado por corrupção: “Vaccari, sucessor de Delúbio Soares, flagrado e preso por arrecadar dinheiro desviado de empresas públicas para alimentar suas campanhas e encher os bolsos de seus dirigentes”.

Ao final, o senador destacou que, caso comprovado que a presidente Dilma Rousseff (PT) foi beneficiada por esse esquema em suas campanhas, “será mais que suficiente para ela perder o mandato por corrupção”.

Veja a postagem:

O PT não tem credenciais de partido político, e sim de lavanderia. O partido é reincidente ao ter o tesoureiro Vaccari,…

Posted by Ronaldo Caiado on Quarta, 15 de abril de 2015

4 respostas para “Caiado diz que PT caminha para perder registro de partido político”

  1. Avatar Antonio Alves disse:

    O senador explicou muito bem: é preciso comprovar que a presidente tem envolvimento direto com esquemas de corrupção para se pedir seu afastamento. E o que se configura como prova na cabeça de algumas pessoa para outras são meros indícios. Esta é a diferença.

  2. Avatar Santos Mallman Santos disse:

    Não seria exagero se o Vacari tivesse sido preso por dizerem
    quem em 3 anos recebera 300 mil reais através da esposa ou da possibilidade de
    ter mandado alguém pagar uma gráfica e o
    serviço não ter sido executado…Mas o que se COBRA SEMPRE é ISONOMIA da
    justiça – bem que neste caso ela está sendo “terceirizada “ e paga por “terceiros”, que nessa mesma investigação foi delatado que Aécio levou 36 milhões de Furnas, o Sergio Guerra “rachou” 10 milhões com Álvaro Dias, que também o mesmo Álvaro Dias “vendeu” em negociata fajuta um
    terreno que possivelmente sequer era dele pra mesma Petrobras por 40 milhões… E mais uma investigação que era manipulada como gestos sendo “batidas na mesa com nove dedos” dando a entender que desejam – a justiça terceirizada, saber de Lula, Dilma e PT. Não diziam pra não ser captados por câmeras ou algum microfone…Mas se gesticulava nesse sentido! Ao
    mesmo tempo em que se tentava falar de TUCANOS a – “justiça terceirizada” e tudo indica, bem paga, se negava ouvir dizendo que se fosse pronunciado nomes de TUCANOS LADRÕES com cargos políticos se perderia a competência da “justiça terceirizada” e a investigação e processo
    teria de ser transferido ao Supremo. http://www1.folha.uol.com.br/poder/2014/10/1535691-outros-tucanos-receberam-recursos-do-esquema-diz-auxiliar-de-youssef.shtml – Mas não podia solicitar ao glorioso delator que ousara citar TUCANOS que confirmasse essas delações diretamente ao Supremo? O Agripino Maia “cumpadre” do Caiado e dos Tucanos assalta 1,1 milhões de reais apenas em um “roubozinho” de merda e apesar de ter sido incondicionalmente flagrado ninguém foi buscar em seus mais de 20 anos de mandato ou de ladroagem o quanto ele corrompeu e enfiou no bolso que deva ser na casa de algumas MEGA-SENAS…. E seu processo ninguém busca detalhes…Correm no Supremo “caladinho” sem nenhum vazamento tão comum quando o réu e do PT. Dái deixa explicito cada vez mais não se quer combater corrupção mas de fato macular, danificar, a imagem do PT em razão se ser o único meio – cretino, ilegal , arbitrário, de tentar de alguma forma mudar o Governo e a corja –que financia a” justiça terceirizada”, voltar ao Poder!

  3. Avatar Santos Mallman Santos disse:

    Enquanto os da Operação “Lava-Petista” só trabalha pra quem “
    terceirizou a justiça” ficamos dia a dia sem saber como estar a
    investigação de quem recebeu os 10 milhões que foram dados ao “morto”
    mas divididos também com os vivos; de como um terreno que supostamente é
    comprado por um tucano por 03 milhões pode ser “vendido” por 40 MILHÕES
    a essa mesma Petrobrás que a operação “Lava-Petistas” insiste que
    houvera desvios para o PT; até que ponto o Aécio recebeu “apenas” os 36
    MILHÕES DE REAIS de Furnas que foi delatado pelo mesmo Youssef, onde
    “tudo que diz é verdade” desde que seja “apenas de petista”; e de como
    foi a operação que o mesmo e “digno quando fala de petista”, Youssef
    enviou de dinheiro sujo para os Tucanos cerca de 550 MILHÕES DE REAIS
    cujo dinheiro teria saído de uma conta denominada “Tucano” transferido
    ao exterior tendo JOSÉ SERRA sido
    apontado como o remetente dos recurso? Tudo isso indica CRIMES DE FATO e
    categoricamente ilícitos! Mas não diz respeito a ninguém investigar e
    punir… Por quê? … Ora… o roubo não foi de “petistas”.. Se tucano
    roubar não pode ser considerado CRIME!… A sociedade que deseja
    extirpar o PT aceitam passivamente que “roubos tucanos” sejam legítimos?
    Ah!… Mas se prender algum tucano “perderemos” força política e
    midiática em nosso “REAL INTENTO”… Demover o PT do Governo! Então se
    volta a máxima… Pra tirar o PT do governo tudo de crimes de tucanos e
    aliados é permitido pois eles “de certa forma apenas” se “remuneram” em
    seus “trabalhos extras” em tentar tirar o PT do Poder… E o resto e
    todo Brasil que se danem…???

  4. Avatar Deolinda Taveira disse:

    Não sei por que, mas esse é o tipo de paladino da moral e dos bons costumes que tem um sobrenome marcado por ações nada edificantes em Goiás. O que será, será?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.