Cai para 71 número de foragidos da rebelião no semiaberto de Aparecida de Goiânia

Segundo nota da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária, forças policiais continuam empenhadas em recapturar detentos

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informou, por meio de nota na tarde desta terça-feira (9/1), que houve novas capturas e o número de foragidos da rebelião, ocorrida no último dia 1º de janeiro, na Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, caiu para 71.

“As forças policiais continuam empenhadas em recapturar os apenados que continuam foragidos”, explica a nota.

Motim

Uma rebelião na unidade no dia 1° de dezembro resultou em nove mortes, deixou 14 feridos e 99 fugitivos. De acordo com a Superintendência Executiva de Administração Penitenciária de Goiás, os presos da Colônia Agroindustrial, do regime semiaberto, que estavam na ala C do complexo prisional, invadiram as alas A, B e D, o que levou ao confronto entre grupos rivais.

Após a situação, o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), anunciou, em conjunto com a presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, uma série de medidas para a segurança pública.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.