Butantan recebe aval para testes de soro anti-covid em humanos

Anvisa autorizou o instituto a aplicar soro intravenoso em voluntários específicos que tiverem testado positivo para a doença nos cinco dias anteriores

Butantan é autorizado a realizar testes de soro anti-covid em humanos | Foto: Alesp

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) concedeu, nesta sexta-feira, 15, autorização para que o Instituto Butantan inicie testes do soro anti-covid em humanos. Diferente da vacinação, que é considerada uma forma preventiva, o soro fabricado pela instituição atua no tratamento de pessoas que foram infectadas pelo coronavírus.

Os exames que constituem etapas dos testes clínicos do soro serão realizados no Hospital do Rim e no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP), em São Paulo. Os voluntários ao experimento deverão ter mais de 30 anos e terem tido diagnóstico positivo para Covid-19, pelo PCR, nos últimos cinco dias. Pacientes ficarão por um dia no hospital e irão receber o medicamento de forma intravenosa com uma única aplicação.

Os testes serão feitos em duas fases e três etapas. Na fase um, na etapa A, envolverá trinta pacientes do Hospital do Rim que forem transplantadas de rim. Já na etapa B, serão incluídos trinta pacientes oncológicos, com câncer de órgão sólido, do Hospital das Clínicas. Por outro lado, na segunda fase, na etapa C, 558 pessoas irão participar. Entre elas, transplantados de órgãos sólidos e pacientes oncológicos que estiverem realizando terapia imunossupressora.

“O foco do soro anti-covid nos imunossuprimidos é uma contribuição do Butantan para fornecer tratamento a um público numeroso que tem dificuldades na sua imunização e, em muitos casos, não pode tomar vacina. Além disso, são pessoas bastante afetadas pela covid-19, com uma taxa de mortalidade que pode ser superior a 65%”, afirmou o Butantan, em nota.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.