Butantan desmente vídeo em que médico relata não ter produzido anticorpos após se vacinar com a CoronaVac

Segundo a instituição, o vídeo é um ‘desserviço à saúde’ e testes sorológicos não servem para avaliar proteção contra a Covid-19

O Instituto Butantan desmentiu o vídeo de um médico de Divinópolis, região centro-oeste de Minas Gerais, em que ele relata não ter produzido anticorpos após se vacinar com a CoronaVac. Segundo publicação da instituição, esse tipo de ação é um ‘desserviço à saúde’ e testes sorológicos não servem para avaliar proteção, contra a Covid-19.

O médico Delano Santiago por ser da linha de frente contra a Covid-19 tomou a primeira dose do imunizante no início do mês de janeiro e após 21 dias tomou a segunda dose. No vídeo ele explica que realizou o exame de “titulação de anticorpos neutralizante” seis meses pós vacina e o resultado apresentado foi de 10% na produção de anticorpos. “Eu não adquiri anticorpos contra o coronavírus mesmo após vacinado com a CoronaVac. Então, eu estou exigindo uma nova vacinação por direito”.

4 respostas para “Butantan desmente vídeo em que médico relata não ter produzido anticorpos após se vacinar com a CoronaVac”

  1. Avatar Rene disse:

    Estamos numa quase situação de uma piada de um cãozinho chamado ” passa pra dentro ” que morreu indeciso na soleira da porta porque o dono do mesmo não o queria dentro de casa e gritava com a frase : Passa pra Dentro passa pra fora .
    PS! A dúvida as vezes pode ser letal.

  2. Avatar Maria de Lourdes disse:

    Deveria ser punido severamente

  3. Deve ser severamente punido, isso é crime.

  4. Avatar Nedir disse:

    Bom dia!!!
    Imagino que o motivo ou os motivos que levou o doutor Delano a realizar o exame, foi a dúvida de que realmente estaria imunizado e isso cientificamente foi comprovado através do Exame. Vivemos num país onde se diz democrático, até que ponto isso é real?quando na realidade tudo é motivo de alguém ser processado…. “não podemos nem expressar.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.