Butantan desmente vídeo em que médico relata não ter produzido anticorpos após se vacinar com a CoronaVac

Segundo a instituição, o vídeo é um ‘desserviço à saúde’ e testes sorológicos não servem para avaliar proteção contra a Covid-19

O Instituto Butantan desmentiu o vídeo de um médico de Divinópolis, região centro-oeste de Minas Gerais, em que ele relata não ter produzido anticorpos após se vacinar com a CoronaVac. Segundo publicação da instituição, esse tipo de ação é um ‘desserviço à saúde’ e testes sorológicos não servem para avaliar proteção, contra a Covid-19.

O médico Delano Santiago por ser da linha de frente contra a Covid-19 tomou a primeira dose do imunizante no início do mês de janeiro e após 21 dias tomou a segunda dose. No vídeo ele explica que realizou o exame de “titulação de anticorpos neutralizante” seis meses pós vacina e o resultado apresentado foi de 10% na produção de anticorpos. “Eu não adquiri anticorpos contra o coronavírus mesmo após vacinado com a CoronaVac. Então, eu estou exigindo uma nova vacinação por direito”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.