Buonaduce propõe isenção de anuidade para recém-formados bolsistas

Proposta foi apresentada pelo candidato da OAB Forte à presidência e beneficiará 500 novos advogados por ano 

Flávio Buonaduce durante reunião que anunciou a criação da Anuidade Zero Social | Foto: divulgação

Flávio Buonaduce durante reunião que anunciou a criação da Anuidade Zero Social | Foto: divulgação

O candidato à presidência da OAB Goiás, Flávio Buonaduce, anunciou na noite da última quinta-feira (3/9) uma das proposta de campanha para os advogados em início de carreira.

Chamada de “Anuidade Zero – Um Benefício Solidário”, a ação será implantada a partir de 2016, e na prática representa que não haverá cobrança de unidade no primeiro ano, para os advogados que cursaram faculdade por meio de algum tipo de benefício social.

A decisão foi tomada após debate na reunião de trabalho da OAB Forte em Goiânia, dentro do movimento Observatório da Advocacia. Segundo Flávio Buonaduce, “a proposta é viável financeiramente, é justa do ponto de vista social e ainda é estratégica como mecanismo de inserção profissional do advogado que está iniciando sua carreira no competitivo mercado de trabalho.”

Segundo Flávio Buonaduce, a proposta tem respaldo dos advogados. “A ideia havia sido apresentada em discussão prévia pelo grupo de advogados em início de carreira da OAB Forte, passou por uma análise da viabilidade econômica, analisando o impacto financeiro nas receitas e despesas da OAB para só depois tomarmos a decisão, em debate conjunto, de incluir a ideia na lista prioritária de propostas de campanha”.

A estimativa é de que a Anuidade Zero irá beneficiar cerca de 500 advogados por ano que iniciam a carreira e vai representar uma ajuda concreta para enfrentar as dificuldades do mercado de trabalho.

Segundo Rubens Garcia, idealizador da proposta, a Unidade Zero Social ajuda na prática o advogado. “A isenção da primeira anuidade para advogados que foram beneficiados por programas sociais é, na prática, uma medida que ajuda os advogados em inicio de carreira. Fico muito feliz por participar de um projeto que tem propostas concretas para serem apresentadas”, reconheceu.

O Observatório da Advocacia tem o propósito de mobilizar os advogados para a participação e elaboração do projeto OAB Forte para a gestão de Flávio Buonaduce na presidência da seção goiana da OAB. O movimento já percorreu 36 subseções no interior além de milhares de advogados da capital através de reuniões de trabalho como a realizada ontem.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.