Briga entre torcidas pode ter motivado tiros contra casal no Residencial Itaipu

Polícia Civil investiga o caso, já que vítimas dos disparos também teriam passagens por tráfico de drogas e associação criminosa

Casal atingido por tiros no Residencial Itaipu | Foto: Reprodução

Neste domingo, 23, algumas horas antes da partida entre Vila Nova e Grêmio Anápolis, na final do Campeonato Goiano, um casal foi baleado no Residencial Itaipu, em Goiânia. Um adolescente de 17 anos e a namorada, de 19, que está grávida de sete meses, foram baleados e levados pelo Corpo de Bombeiros para o Hospital de Urgências de Aparecida de Goiânia (Huapa).

A Guarda Civil Metropolitana (GCM) atendeu a ocorrência e afirmou que o crime pode ter relação com briga entre torcidas organizadas. O estado de saúde do rapaz é gravíssimo. Ele teve de passar por procedimentos cirúrgicos e é acompanhado por equipe médica, sem previsão de alta. Já a jovem grávida teve de realizar suturas e já recebeu alta hospitalar.

O rapaz, vítima dos disparos, usava camisa do Vila Nova no momento em que foi atingido, enquanto uma pessoa que estaria com o autor dos tiros usava camisa do Goiás Esporte Clube. O caso será investigado pela Polícia Civil que irá apurar se a motivação do crime foi mesmo briga entre torcidas, já que o casal também tem passagens por tráfico de drogas e associação criminosa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.