Brasil registra mais de 8,5 mil casamentos homoafetivos até 2014

Sudeste registrou maior percentual, com mais de 60% das uniões. Centro-Oeste teve apenas 590 

Mais de 8,5 mil casamentos homoafetivos foram realizados em todo o País até o fim de 2014, após a entrada em vigor de uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) que proíbe os cartórios de se recusarem a converter uniões estáveis homoafetivas em casamento civil. Os dados são do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE).

“Desde a vigência da resolução [maio de 2013] até o final de 2014, 8.555 casamentos entre cônjuges do mesmo sexo já foram registrados em cartórios em todo o país”, informou nesta quarta-feira (13/7) o CNJ. Os dados referentes a 2015 devem ser divulgados pelo IBGE até o fim deste ano.

Em 2016, a resolução completou três anos e, de acordo com o CNJ, tem incentivado casais homoafetivos a oficializarem casamentos.

Mais mulheres

A maioria dos casamentos homoafetivos realizados em 2014 foram de casais formados por mulheres. Elas representaram 50,3% dos mais de 4,8 mil casamentos realizados naquele ano.

Na divisão por regiões, o Sudeste teve maior percentual de uniões homoafetivas registradas. Foram 60,7% sendo que a maioria deles aconteceu no estado de São Paulo. Logo depois está a região Sul com 15,4%, seguida do Nordeste, com 13,6%; Centro-Oeste (6,9%) e Norte (3,4%).

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.