Boogarins e Pato Fu eletrizam sexta-feira do Bananada; veja fotos

Antes deles, tocaram Bang Bang Babies (GO), Jaloo (PA), Scalene (DF), Francisco El Hombre (SP), Wannabe Jalva (RS) e Allah-las (EUA)

Este slideshow necessita de JavaScript.

Texto e fotos: Marcello Dantas/Jornal Opção Online

Sim! Eles mandaram bem e cumpriram a missão. Os cabeças da primeira noite do fim de semana do Bananada deixaram a todos eletrizados na sexta-feira (15/5), no espaço aberto do Centro Cultura Oscar Niemeyer (CCON), em Goiânia. O Jornal Opção Online esteve por lá e mostra, em fotos, um pouco da vibração dessa noite da 17ª edição do festival.

Ventou, fez frio, mas não choveu. Enquanto a redondeza do Setor Nova Vila bombava ao som do sertanejo e da house music vindo dos camarotes da 70ª Festa Agropecuária do Estado de Goiás — a pecuária –, o rock psicodélico e pop fazia o público transcender no CCON, no Setor Fazenda Gameleira, às margens da GO-020.

Os mineiros do Pato Fu são da velha guarda, anos 90. Tocaram em extrema sintonia no Palco Pyguá. O quarteto de meninos sorridentes e cabeludos do Boogarins, de Goiânia, contagiou no Palco Yguá — sim, os nomes dos palcos são uma homenagem aos teatros do Centro Cultural Martim Cererê. Antes deles tocaram Bang Bang Babies (GO), Jaloo (PA), Scalene (DF), Francisco El Hombre (SP), Wannabe Jalva (RS) e Allah-las (EUA).

Leia mais:
Som fino e harmonioso de Maurício Pereira contagia público
Caetano Veloso e um Abraçaço na abertura do Festival Bananada

O som das palmas batendo e o canto em coro facilitou a subida do guitarrista norte-americano Riley Ben King, o B.B. King. Ele merece! O rei do blues deixou o mundo da música com voz e tons embargados ao falecer, aos 89 anos, nessa sexta-feira.

Neste sábado (16) ainda tem Camarones Orquestra Guitarrística, Carne Doce, Lê Almeida, Câmera, King Tudd (EUA), Apanhador Só, Karol Conká, Bonde do Rolê e Tropikillaz. Promete, hein!?

Quem foi, viu painel do Bicicleta Sem Freio (e parceiros) finalizado, no prédio da biblioteca do CCON

Quem foi, viu painel Tartaruga Voante, lançado nessa sexta. Foi grafitado pelo Bicicleta Sem Freio (e parceiros) no prédio da biblioteca do CCON

Deixe um comentário