Bolsonaro gasta o triplo do valor de construção para inaugurar ponte de madeira no Amazonas

Números foram repassados pela Presidência da República e o Ministério da Defesa após pedidos feitos pelo deputado goiano Elias Vaz (PSB-GO) com base na Lei de Acesso à Informação

Ponte inaugurada em São Gabriel da Cachoeira | Foto: Marcos Corrêa/PR

Em maio deste ano, o presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido), gastou R$ 711,7 mil para chegar a São Gabriel da Cachoeira, no interior do Amazonas, onde inaugurou uma ponte de 18 metros de comprimento e 6 metros de largura numa estrada de terra cujo investimento foi de R$ 255 mil. Os números foram repassados pela Presidência da República e o Ministério da Defesa após pedidos feitos pelo deputado goiano Elias Vaz (PSB-GO) com base na Lei de Acesso à Informação.

“O presidente Bolsonaro fez um evento para inaugurar uma ponte de madeira no Amazonas. Acontece que a inauguração custou três vezes mais que a ponte. Isso fere diretamente o princípio da economicidade, artigo 70 da Constituição”, explica o parlamentar que vai fazer representação ao Tribunal de Contas da União depois de identificar o gasto.

A Secretaria-Geral da Presidência informou que o gasto com a inauguração sem contar o custo da viagem aérea, R$50 mil foram pagos em diárias ao chamado “Escalão Avançado”, e outros R$610 mil em deslocamentos terrestres na cidade, isolada na floresta amazônica. Há ainda outros R$ 50 mil em gastos com cartão de crédito corporativo, e mais R$742 em telefonia. A viagem da equipe presidencial durou cinco dias.

A ponte já existia, e R$69 mil do total de R$255 mil foi destinado para recuperar a antiga estrutura. A obra foi feita pelo Exército brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.