Bolsonaro é o único da direita que tem chances eleitorais, diz Fábio Sousa

Pré-candidato a deputado federal e a procura de uma sigla que esteja na base do presidente da República, o ex-deputado aposta no bolsonarismo para concorrer a uma cadeira em Brasília 

A fim de seguir o presidente Jair Bolsonaro (PL) em uma sigla que esteja nessa base eleitoral, o ex-deputado federal Fábio Sousa (sem partido), que é pré-candidato a uma das 17 cadeiras da Câmara Federal, acredita que o liberal é o único nome da direita que se apresenta com chances eleitorais. O ex-tucano aposta no presidente da República pelos princípios que tem e procura uma sigla que esteja próxima deste espectro, mas que tenha chances eleitorais.  

O apoio à reeleição do presidente faz parte deste contexto. O político diz que apoia “princípios”, “não pessoas”. Enquanto o presidente representar estes princípios que o ex-deputado federal defende e valoriza, ele será o seu candidato, adiantou o político.   

Assumidamente liberal, Fábio Sousa diz que Bolsonaro é o único nome que defende estas pautas. Para ele, o presidente enfrenta rejeição porque ele teve um grande problema, a pandemia de Covid-19. Isso, segundo o pré-candidato ao Congresso, o impediu de executar todo o plano de governo e tudo aquilo que foi prometido durante a campanha eleitoral, em 2018. Apesar de reconhecer a rejeição a Bolsonaro, ele acredita que ela pode ser contornada durante a campanha eleitoral.  

“Ele tem entregado a medida do possível. Nenhum governo pôde executar seu plano devido a pandemia. O governo federal não foi diferente. A rejeição, quando medida de forma correta, advém de desgastes naturais ante a pandemia e o bombardeio midiático. O que pode ser contornando com um programa eleitoral mostrando o que foi feito”, comenta o pré-candidato.  

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.