Bolsonaro discursa na Assembleia Geral da ONU: “O Brasil mudou. Estávamos à beira do socialismo”

Essa é a terceira vez que Bolsonaro discursa como presidente do Brasil – o representante do país é encarregado de abrir oficialmente a fala dos presidentes mundiais desde 1947

Presidente Bolsonaro na Assembleia Geral da ONU | Foto: Timothy Clary/Pool/AFP

Ao abrir a 76ª Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), nesta terça-feira, 21, em Nova York, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) destacou ações de seu governo desde janeiro de 2019 e disse que “o país estava à beira do socialismo” e que veio “mostrar um Brasil diferente” aos líderes presentes.

“Nossas estatais davam prejuízos de bilhões de dólares no passado. Hoje, são lucrativas. Nosso banco de desenvolvimento era usado para financiar obras em países comunistas, sem garantias. Quem honrava esses comprimossos era o próprio povo brasileiro. Tudo isso mudou”, afirmou Bolsonaro.

“E isso é muito. É uma história da base se levarmos em conta que estávamos à beira do socialismo”, completou o presidente.

Bolsonaro valorizou ainda os contratos feitos com a iniciativa privada: “O Brasil possui o maior programa de parceria de investimentos com a iniciativa privada de sua história. Até aqui, fomos contratados R$ 100 bilhões de novos investidos e arrecadado 23 bilhões em outorgas”, disse em discurso.

Comitiva presidencial

O chefe do Executivo desembarcou nos EUA com a comitiva presidencial no domingo, 19, e vem se reunindo com outros líderes mundiais, entre eles Boris Johnson, primeiro-ministro do Reino Unido.

Essa é a terceira vez que Bolsonaro discursa como presidente do Brasil – o representante do país é encarregado de abrir oficialmente a fala dos presidentes mundiais desde 1947. O presidente brasileiro é o único dos líderes do G20 (grupo das 19 principais economias do mundo e a União Europeia) presentes a dizer que não tomou a vacina contra a Covid-19.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.