Bolsonaro deve se pronunciar nesta sexta sobre crise causada por incêndio na Amazônia

Focos de calor já duram cerca de três semanas; na quinta, 22, Bolsonaro despachou para que ministérios atuassem no combate as chamas, dentro de cada possibilidade

Segundo informações da agência Reuters, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deve fazer um pronunciamento sobre a Amazônia e a crise causada pelos incêndios ainda nesta sexta, 23. A informação é que ele fale ao público depois de uma reunião que acontece nesta tarde, ocasião em grupo debaterá sobre medidas para sanar a situação.

Entre as possíveis medidas estaria a edição de decreto presidencial de Garantia da Lei e da Ordem (GLO), bem como a formação de uma força tarefa para combater os incêndios. Esta última contaria com o auxílio dos governadores interessados.

Ainda conforme a agência, o Exército, apesar de ter a possibilidade de fornecer equipamentos (caminhões e barcos), não possui pessoal treinado no combate as chamas, por isso a necessidade dos bombeiros estaduais.

Reunião

A reunião de Bolsonaro, nesta tarde, contará com a presença dos ministros da Defesa, Fernando Azevedo, das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira.

Vale lembrar que, na quinta, 22, Jair, por meio de despacho, ordenou a todos os ministérios ações para combater os incêndios na região – dentro de cada possibilidade. Os focos de calor já ocorrem há cerca de três semanas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.