Boca de urna é o crime com maior incidência em Goiás no dia da eleição, diz TRE-GO

Segundo Polícia Militar, foram registradas 72 ocorrências de crimes eleitorais no Estado

Foto: Reprodução

O coronel Anésio Barbosa da Cruz Junior, oficial de ligação da Polícia Militar com o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Goiás, informou que a PM registrou 72 ocorrências de crimes eleitorais no Estado. De acordo com o coronel, o crime com maior incidência foi a coca de urna.

Além disso, a PM também registrou um número significativo de ocorrências por criação de tumulto no local de votação. Segundo o coronel, esse foi o segundo crime mais incidente no estado de sábado (6/10) até o fim da tarde deste domingo (7/10).

O oficial considerou que o número de ocorrências foi menor que o registrado em eleições anteriores. “Isso mostra um amadurecimento do eleitor, que tem uma maior preocupação com a cidadania”, opinou.

Para Anésio, as práticas irregulares de pedidos de votos em dia de votação têm sido cada vez mais reprovadas pelo cidadão, que está mais consciente. “Nós temos orientado o cidadão a não compactuar com essas práticas e a ajudar a justiça eleitoral”, finalizou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.