Bar acusado de homofobia em Goiânia nega denúncia e diz que respeita diversidade

Em nota encaminhada ao Jornal Opção, empresário lamenta que Wacken Rock Bar tenha sofrido “linchamento virtual” 

O proprietário do Wacken Rock Bar, Fernando Oliveira, encaminhou ao Jornal Opção uma nota resposta sobre a polêmica envolvendo seu estabelecimento, em Goiânia, acusado de homofobia na última semana por uma cliente.

Segundo o texto, as acusações são “absolutamente” mentirosas e jamais aconteceram, pois o bar respeita a diversidade de opiniões e posições.

Além disso, a autora da denúncia teria incitado um linchamento virtual nas redes sociais, no qual somente no Facebook, mais de 200 pessoas em apenas três dias difamaram o bar “sistematicamente com comentários de baixo calão”.

O empresário afirma, por fim, que é preciso refletir sobre comportamentos deste tipo que “trazem ódio, maldade e que não ajudam em nada na nossa busca por uma sociedade cada vez mais igualitária e que respeite as diferenças”.

Veja a nota na íntegra:

A priori, agradecemos ao Jornal Opção por ter aceitado o direito de resposta baseado no Art. 5 da nossa Constituição Federal e na Lei 13.188/15, resolvemos exercer esse direito deixando bem claro que é um texto sem assessoria jurídica já que resolvemos nos aproximar ao máximo da fala casual e do cidadão comum.

Fomos tachados de homofóbicos e machistas o que absolutamente e definitivamente não é verdade. O Wacken Rock Bar não comunga com tais pensamentos e respeita a diversidade de opiniões e posições. Não houve nenhuma entrevista e sim um simples telefonema do jornalista deste jornal e que na ocasião foi feito o convite para que visitasse nosso estabelecimento e que nos conhecesse para constatar a veracidade da denúncia veiculada, o que não ocorreu.

Não podemos concordar com tal postura, tanto da denunciante quanto deste jornal. Defendemos uma sociedade igualitária que trata seus cidadãos com respeito e que também espera este respeito.

A denunciante incitou um linchamento virtual nas redes sociais no qual somente no facebook mais de 200 pessoas em apenas três dias, a grande maioria nunca esteve no nosso estabelecimento e não nos conhece, vem nos difamando sistematicamente com comentários de baixo calão na nossa página, levamos em conta que essas pessoas estão julgando e condenando sem saber, mas não deixa de ser uma postura covarde, irresponsável e sem sentido. A repercussão está sendo a pior possível para o Wacken Rock Bar, mas confiamos na justiça, na verdade que irão amenizar nossos prejuízos, tanto financeiro quanto de conceito que foi formado, e que este fato não passe desapercebido por todos.

Precisamos refletir sobre comportamentos deste tipo que trazem ódio, maldade e que não ajudam em nada na nossa busca por uma sociedade cada vez mais igualitária e que respeite as diferenças “de origem, raça, sexo, cor, idade e quaisquer outras formas” (Art 3 da Nossa Constituição).

Grande abraço a todos,

Fernando Oliveira
Wacken Rock Bar

6 respostas para “Bar acusado de homofobia em Goiânia nega denúncia e diz que respeita diversidade”

  1. Avatar Fernando+Oliveira disse:

    Obrigado, Alexandre Parrode e ao Jornal Opção.

  2. Avatar Julio César disse:

    Bem vindo à ditadura feminista Marcelo.
    Esse semana vou aí comer aquela costela.

  3. Avatar Marcos Henrique disse:

    Obrigado Fernando pelo atendimento sempre impecável.
    Essa semana com certeza passo ai pra tomar aquela gelada trincando e comer aqueeeeeela costela ✌✌✌

  4. Avatar Getúlio Aguiar Nóbrega Júnior disse:

    Completamente absurda essa acusação. Sou amigo do proprietário deste estabelecimento há cerca de 30 anos. Um chefe altamente capacitado e um ser humano de valores éticos e morais raros em tempos atuais. O Wacken é a concretização de um sonho e vem sendo administrado com muito profissionalismo. Quem estiver na dúvida, uma sugestão: vá até o Wacken e confira pessoalmente.
    Getúlio Aguiar Nóbrega Júnior

  5. Avatar Franciele franca mendes disse:

    Aiai nossa meu amigo povo ta doido conhecendo vc pouco tempo mais sei q nunca seria capaz de fazer qualquer tipo de ofensa a alguém te adimiro paks Deus te abencoe nego

  6. Avatar José Maria disse:

    Lamentável essa situação conheço Vc Fernando frequentei sua casa e nunca fui destratado e sei que vc não é homofobico de maneira nenhuma . Espero que isso se reverte e vc possa continuar seguindo em frente .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.