Balanço do TRE aponta 157 urnas substituídas e 22 crimes eleitorais em Goiás

De acordo com o secretário de tecnologia e informação do tribunal, 29 urnas foram trocadas na capital

Em balanço após o encerramento da votação de segundo turno em Goiás, o Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) apontou um balanço de que 157 urnas foram substituídas e 22 crimes eleitorais cometidos no Estado.

De acordo com Dory Gonzaga Rodrigues, secretário de tecnologia e informação do tribunal, 38 urnas foram trocadas em Goiânia. “Na maioria das vezes acontece uma pane na urna e um dos dispositivos para de funcionar, mas os dados são transferidos e a votação continua normalmente”, explicou.

De acordo com o secretário, o balanço é positivo com relação ao primeiro turno. “Estávamos com a expectativa de a fake news trazer alguma situação para o segundo turno”, finalizou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.