Balanço da PRF aponta aumento de 4,8% nas infrações e queda de 7,5% nos acidentes

Somente em Goiás, 229 motoristas foram detidos pelo crime de embriaguez ao volante e 1.886 condutores foram autuados pela infração

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta sexta-feira (19/1) o balanço das operações de 2017. O número de acidentes nas rodovias federais de todo o país foi de 89.318, uma redução de 7,5% com relação ao ano anterior.

Em Goiás, durante todo o ano de 2017, foram registrados 4.364 acidentes que deixaram 4.237 feridos e 344 mortos. Os estados que lideram o ranking são Minas Gerais (12.658), Santa Catarina (10.757) e Paraná (10.522).

A principal causa dos acidentes no país foi a falta de atenção ao dirigir. Em 18% dos casos com colisão traseira.

Se o número de acidentes reduziu, o número de infrações aumentou 4,8%. Em Goiás foram 323.532 veículos fiscalizados. A principal causa de multa foi o excesso de velocidade em até 20%.

Mais de 109 mil pessoas realizaram o teste de alcoolemia nas rodovias federais goianas. Desses, 229 foram detidos pelo crime de embriaguez ao volante e 1.886 condutores foram autuados.

Em 2017 a PRF também ampliou o trabalho no combate à criminalidade. Somente em Goiás, o órgão apreendeu mais de 13 toneladas de maconha, quase 14 kg de crack, mais de 245 kg de cocaína e 201 mil pacotes de cigarros contrabandeados.

Além disso o órgão apreendeu em Goiás, 92 armas e 1.932 munições. Foram recuperados 343 veículos e 1.653 pessoas acabaram detidas.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.