Avião cai na Ucrânia com 295 passageiros a bordo. Suspeita é de que a aeronave tenha sido abatida por um míssil

Em sua conta no Twitter, a Malaysia Airlines informou que mais detalhes sobre o caso serão divulgados em breve

Um Boeing 777 da companhia Malaysia Airlines caiu nesta quinta-feira (17/7) no Leste da Ucrânia perto da fronteira russa. Com 295 pessoas a bordo, o avião viajava de Amsterdã para Kuala Lumpur. Em comunicado, o governo ucraniano admitiu a possibilidade de que o avião possa ter sido abatido por um míssil. “Nós não excluímos a ideia de que a aeronave em questão tenha sido abatida”, diz a presidência do país, por meio de nota.

Ainda de acordo com governo do País, ao menos cem corpos foram vistos num raio de aproximadamente 15 quilômetros do local do acidente. Uma comissão para investigar o caso já foi providenciada pelo presidente da Ucrânia, Petro Poroshenko.

A região em que o avião caiu está sob o comando de milicianos separatistas pró-Rússia, que estão em confronto com o governo da Ucrânia. Tanto o governo russo quanto os separatistas negaram envolvimento na queda do avião.

Em sua conta no Twitter, a Malaysia Airlines informou que mais detalhes sobre o caso serão divulgados em breve.

No último dia 8 março, um Boeing 777, da mesma companhia, desapareceu do radar 40 minutos após ter partido de Kuala Lumpur com destino a Pequim, levando 239 pessoas a bordo. Equipes fizeram por semanas buscas na região, mas o avião não foi encontrado.

*Com informações de Agências Internacionais e da Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.