Aumenta apoio ao impeachment de Dilma

Pesquisa CNT/MDA mostra que quase 63% dos entrevistados são favoráveis ao impedimento da petista. Em março, eram 60% 

Dilma: despedida do Planalto? | Foto: Lula Marques/Agencia PT

Dilma: despedida do Planalto? | Foto: Lula Marques/Agencia PT

A mais recente rodada da pesquisa CNT/MDA, divulgada nesta quarta-feira (21/7), mostra que aumentou a porcentagem de brasileiros que apoiam o impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

Em março, 59,7% dos entrevistados se disseram favoráveis ao processo. Já em julho de 2015, 62,8% disseram “sim” ao impeachment. Por outro lado, caiu o percentual que é contra: em março, eram 34,7%; já no levantamento divulgado nesta quarta, 32,1%.  Não souberam ou não responderam 5,1% dos entrevistados.

Os dados coletados pelo instituto MDA revelam ainda que 71% consideram o atual governo “ruim” ou “péssimo”; ao passo que apenas 7,7% o avaliam positivamente.

Fundamentação

A CNT/MDA questionou os entrevistados sobre quais seriam os possíveis motivos para um impeachment de Dilma. De acordo com 26,8% dos entrevistados, “Irregularidades nas prestações de contas do Governo (as chamadas pedaladas fiscais)” seria o motivo. Já 25% acredita que a “Corrupção na Petrobras” pode ser a justificativa. 14,2% apontam “Irregularidades nas contas da campanha para presidente de 2014”.

Para 44,6% dos entrevistados, os três motivos apresentados são suficientes para o impedimento da presidente.

Números do impeachment

A favor: 62,8%
Contra: 32,1
Não sabe/Não respondeu: 5,1

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.