Augusto Aras é indicado por Bolsonaro como novo PGR no lugar de Raquel Dodge

Para ser oficializado no cargo, nomeado deve ser sabatinado na CCJ do Senado e ter seu nome aprovado em Plenário

Foto: Roberto Jayme/Ascom/TSE

Na tarde desta quinta-feira, 5, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) decidiu indicar o subprocurador Augusto Aras para suceder Raquel Dodge na Procuradoria-Geral da República (PGR).

A nomeação vinha sendo uma incógnita, já que o capitão dava sinais de que não seguiria o nome mais votado da lista tríplice, como de costume. E foi o que fez, Aras foi apresentado a Bolsonaro pelo ex-deputado Alberto Fraga (DEM).

O nome de Aras deve ser apreciado no Senado, onde deve ser sabatinado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Para ser oficializado no cargo, ele precisa de aprovação no Plenário.

A lista tríplice “eleita” pela Associação Nacional de Procuradores da República (ANPR) indica os nomes dos subprocuradores-gerais Mario Bonsaglia e Luiza Frischeisen e o procurador-regional da República Blal Dalloul.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.