Atos a favor e contra governo Bolsonaro foram registrados neste domingo

Em razão de um acordo mediado pelo Ministério Público de São Paulo, apenas o grupo contrário ao presidente compareceu à avenida Paulista neste domingo

Movimentos sociais e torcidas organizadas se juntaram na tarde deste domingo, 14, para protestar contra o racismo, o fascismo e o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na avenida Paulista. Segundo estimativa da Polícia Militar, havia cerca de mil pessoas.

Em razão de um acordo mediado pelo Ministério Público de São Paulo, apenas o grupo contrário ao presidente compareceu à avenida Paulista neste domingo. Apoiadores de Jair Bolsonaro se manifestaram no viaduto do Chá (centro da cidade) e reuniram cerca de cem pessoas, de acordo com a PM.

Os grupos autointitulados antifascistas e pró-democracia tinham à frente o grupo Somos Democracia, a Frente Povo Sem Medo, o MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto) e a CMP (Central de Movimentos Populares), além de grupos antifascistas das torcidas dos quatro maiores clubes de São Paulo: Corinthians, Palmeiras, São Paulo e Santos. Esses movimentos defendem a saída do presidente e exibem mensagens contra o racismo e o fascismo, além de defender a ampliação de direitos da população.

A organização do movimento voltou a pedir que os manifestantes usem máscaras, higienizem as mãos e procurem manter o distanciamento social, devido à pandemia da Covid-19. (Com informações do Portal Uol)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.