Assembleia aprova data-base dos servidores do Judiciário em primeira votação

Parlamentares devem retomar a discussão do processo na próxima terça-feira. Projeto determina o reajuste salarial da categoria

| Foto: Marcos Kennedy

Servidores lotaram a galeria da Assembleia | Foto: Marcos Kennedy

Foi aprovado nesta quinta-feira (24/9), em primeira votação, o pagamento da data-base dos servidores do Poder Judiciário. O processo nº 1.103/2015 deve ser analisado em segunda votação na próxima terça-feira (29). Os trabalhadores estiveram presentes na sessão para protestar e pressionar os parlamentares.

Francisco Oliveira (PHS) ressaltou que o reajuste vai onerar o Estado, mas que o governador Marconi Perillo (PSDB) irá sancionar a lei. A  proposta de reposição é de 7 % para os cargos de provimento efetivo e 3,5% para os cargos em comissão (DAE) e funções por encargo de confiança (FEC), com efeitos financeiros retroativos a 1° de janeiro de 2015.

Um dos pontos polêmicos da discussão foi a menção dos deputados da base ao governo da Dilma. Ernesto Roller (PMDB) e o líder da bancada do PT, Luis Cesar Bueno, os criticaram lembrando que o governo federal na verdade ajudou o Estado. “Mais de 15 bilhões de reais do Governo Federal foram investidos em Goiás, apenas em programas habitacionais, fora outras verbas direcionadas a projetos em saneamento básico, pavimentação, Celg e outras áreas”, disse Luis Cesar.

Deixe um comentário