“Estão se submetendo a uma aflição desnecessária”, diz Anthony Fauci sobre quem recusa vacinação contra Covid-19

Nos Estados Unidos, somente 49,1% da população está totalmente imunizada; Fauci afirma que autoridades da saúde vão revisar a permissão que autoriza que pessoas imunizadas a deixarem de usar máscaras

“As pessoas estão se submetendo a uma aflição desnecessária”, diz Anthony Fauci sobre quem recusa vacinação contra Covid-19 | Foto: Patrick Semansky

Chefe da força-tarefa de combate ao coronavírus dos Estados Unidos, Anthony Fauci diz estar frustrado com aumento de casos da Covid-19 em população não vacinada do país. Em entrevista à emissora CNN, neste domingo, 25, o médico afirmou que o país está indo na direção errada e que uma pandemia está sendo formada entre os que não foram imunizados contra a doença.

“Não gosto de culpar as pessoas porque isso as faz recuar mais. Mas gostaria de ver mais líderes (políticos) das áreas de baixo índice de vacinação estimulando as pessoas a se vacinarem. Precisamos nos sair melhor. As pessoas estão se submetendo a uma aflição desnecessária”, disse Fauci sobre o alto risco de contaminação pelo coronavírus e as grandes chances de complicações de saúde.

A declaração foi realizada após o apresentador do canal mostrar uma pesquisa de opinião que apontou que 80% dos americanos que não se imunizaram até agora não pretendem ser vacinados em nenhum momento contra a Covid-19. Apesar da recusa de muitos em se imunizarem, os números de transmissão do país continuam subindo rapidamente e, segundo a agência Reuters, novamente lotando a capacidade dos hospitais.

Na última semana, a média móvel de casos, por exemplo, subiu 53% em relação à semana anterior. A maior parte dos casos são da variante Delta, que é proveniente da Índia e é mais infecciosa que as demais. Mais de 35 milhões de casos já foram confirmados no país, que levaram a mais de 626,7 mil mortes. Ao todo, de acordo com os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDCs), do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, cerca de 163 milhões de pessoas foram imunizadas contra o coronavírus, sendo que somente 49,1% da população se encontra totalmente vacinada.

Até abril, os EUA lideravam o ritmo global de imunização contra a Covid-19, mas desde então as taxas passaram a perder ímpeto. Os estados com menores números de vacinação estão ao sul do país, onde menos da metade da população deles recebeu a primeira dose do imunizante. Estados sulistas e do meio-oeste, como Flórida, Texas e Missouri também se destacam quanto ao aumento de casos da doença.

Em decorrência desses dados, Fauci ainda afirmou que autoridades da saúde avaliam a possibilidade de revisar a permissão que autoriza pessoas imunizadas a deixarem de usar máscaras, em prol de conter de forma mais efetiva a transmissão do vírus. Até o momento, no entanto, os CDCs orientam que quem foi imunizado pode retomar as atividades como antes da pandemia, sem a necessidade de proteção facial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.