Após ser chamada de “aborto”, Dilma responde a Ciro Gomes: “Esse discurso preconceituoso fica bem aos reacionários. Parece ser uma variante de Bolsonaro”

Em relação a Lula e a uma possível candidatura em 2022, o ex-governador do Ceará disse: “não contem comigo para esse circo”

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) respondeu ao ex-governador Ciro Gomes (PDT) após ser chamada de “aborto” pelo pedetista. Em nota publicada, a petista afirmou que Ciro “parece ser uma variante de Bolsonaro”.

O ex-ministro e ex-governador classificou nesta segunda-feira, 08, dia internacional da mulher, Dilma como “outro aborto que aconteceu na história brasileira”. Antes, Ciro falou a mesma frase em relação ao ex-presidente Fernando Collor. As falas do pedetista foram dadas em entrevista ao portal UOL, quando o entrevistador perguntou a opinião sobre ex-presidentes.

Em resposta às declarações de Ciro, Dilma, escreveu: “Mais uma vez Ciro se dedica a um ataque contra mulheres, de caráter misógino, reforçando a retórica machista e retrógrada tão em voga nos tempos atuais. Esse discurso preconceituoso fica bem aos reacionários, não a quem almeja conduzir os destinos da Nação no século 21. É vergonhoso e lamentável. Ciro parece querer ser uma variante de Bolsonaro e, para isso, ataca a mim, a Lula e ao PT. O discurso de ódio é igual”.

Ciro fez elogios a Tancredo Neves, Juscelino Kubitschek, Itamar Franco e Getúlio Vargas. Em relação a Lula e a uma possível candidatura em 2022, o ex-governador do Ceará disse: “não contem comigo para esse circo”.

“Nós vamos ficar discutindo: o Lula é elegível? O Lula é inelegível? Olha, esse filme eu já vi. Não contem comigo. Não contem comigo para esse circo mambembe porque a tragédia brasileira não permite mais contemporização”, afirmou.

Com informações de O Cafezinho

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.