Apesar de surtos em outros estados, Goiás teve apenas um caso de febre amarela em 2017

No entanto, a SES-GO reforça a necessidade da vacinação, disponível nos postos de saúde, que é recomendada para a faixa etária de 9 meses a 59 anos

A febre amarela tem causado pânico em moradores de São Paulo e Minas Gerais. A doença já causou pelo menos 21 mortes em SP e 10 em MG, somente em 2018.

Apesar de ser considerada área endêmica pelo Ministério da Saúde, o estado de Goiás não registrou nenhum caso de febre amarela neste ano e apenas um caso foi confirmado em 2017.

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO) esclarece que promove periodicamente medidas para evitar surtos da doença. O monitoramento constante faz a notificação de casos ser ágil, com investigação de todos os casos suspeitos. Além disso. são ofertadas vacinas para viajantes e intensificada a vacinação em municípios com baixas coberturas.

Com as medidas, no ano de 2017 houve apenas um registro de caso humano de febre amarela. Em 2016 foram três e em 2015 cinco casos.

No entanto, a SES-GO reforça a necessidade da vacinação, disponível nos postos de saúde, que é recomendada para a faixa etária de 9 meses a 59 anos.

 

 

Deixe um comentário

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.