Aos 13 anos, Rayssa Leal se torna a mais jovem medalhista olímpica do Brasil

Fadinha como é conhecida, bateu o recorde de Rosângela Santos, bronze em Pequim 2008 com 17 anos no 4x100m do atletismo

Rayssa Leal, medalha de prata no skate street | Foto: Foto: Patrick Smith/Getty Images

A brasileira Rayssa Leal, conhecida como “Fadinha”, conquistou com apenas 13 anos a medalha de prata no skate street.

Rayssa é a atleta mais jovem da história do Brasil a subir ao pódio em Olimpíadas. Fadinha, bateu o recorde de Rosângela Santos, bronze em Pequim 2008 com 17 anos no 4x100m do atletismo. Rayssa é, também, a mais jovem brasileira a participar dos Jogos. A marca anterior era de Talita Rodrigues, nadadora que foi finalista no 4x100m livre em 1948, nos Jogos de Londres. Na ocasião, tinha 13 anos.

Foi uma final emocionante do skate feminino, Rayssa chegou a liderar a pontuação após a penúltima manobra, mas foi superada pela japonesa campeã, Momiji Nishiya, de 14 anos, e o bronze também foi para o Japão, com Funa Nakayama.

Nos jogos olímpicos  de Tóquio, foi  a terceira medalha do Brasil, sendo a segunda na categoria skate street. No masculino, Kelvin Hoefler foi prata e Daniel Cargnin foi bronze no judô.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.