Anselmo não abre mão de pré-candidatura ao Paço Municipal

Presidente da Câmara de Goiânia, vereador diz que respeita nomes do PSDB e pretende disputar prévias partidárias tucanas

Presidente Anselmo Pereira (esq) e o deputado federal Fabio Sousa | Câmara de Goiânia e Divulgação

Presidente Anselmo Pereira (esq) e o deputado federal Fabio Sousa | Câmara de Goiânia e Divulgação

Ao ser questionado por jornalistas se abriria mão da pré-candidatura à Prefeitura de Goiânia em 2016 pelo PSDB ou se estaria disposto a disputar prévia, o presidente da Câmara Municipal de Vereadores, Anselmo Pereira, foi curto e grosso. Especialmente ao ser estimulado a responder às recentes falas do deputado federal e ex-vereador tucano Fabio Sousa.

“Respeito muito e sou vereador há 38 anos. Fale isso a ele. O respeito muito, mas ele acabou de ganhar eleição… foi para deputado federal?”, questionou Anselmo, em tom de ironia.

Sousa é um dos tucanos interessados em concorrer à prefeitura no ano que vem. Porém, não está sozinho nessa. No páreo ainda estão os colegas de bancada Giuseppe Vecci e Delegado Waldir — que ameaça saída do ninho. Jayme Rincón, presidente da Agência Goiana de Transportes e Obras Públicas (Agetop), também é considerado.

Ao Jornal Opção o Anselmo garante que em hipótese alguma abre mão de sua pré-candidatura e que a base aliada ao governador Marconi Perillo conseguirá afunilar nome entre as opções do PSDB e da base aliada.

“Não podemos perder a oportunidade de chegar à Prefeitura de Goiânia, pois temos grandes chances. Sou homem definido: disse que seria presidente da Câmara, e sou. Agora, digo que sou pré-candidato, e acredito que serei escolhido como candidato”, avaliou o tucano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.