Anac vai denunciar empresa contratada por políticos goianos para “voos piratas”

Empresa Globo Aviações era constantemente utilizada por políticos como a senadora Lúcia Vânia (PSB) e deputados federais Marcos Abraão (PPS) e Daniel Vilela (MDB)

Depois da denúncia feita pelo site The Intercept, alegando que a empresa Globo Aviações opera voos com aviões irregulares, a Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) informou que aplicará sanções administrativas à empresa e que encaminhará denúncia ao Ministério Público e à Polícia para que sejam tomadas medidas no âmbito criminal.

De acordo com a Anac, a empresa Glovo Aviações já era investigada por denúncias anteriores que relatavam a prática irregular do serviço de táxi-aéreo. As informações adicionais da nova denúncia foram inseridas no processo já aberto contra a empresa e algumas intervenções já estão programadas para ocorrer.

A agência informou que não pode divulgar maiores detalhes da investigação, pois pode haver interferência no andamento das ações programadas. No entanto, a Anac garantiu que a empresa não possui autorização para prestar o serviço de táxi-aéreo e, após a conclusão da investigação ou mesmo durante o andamento do processo administrativo instaurado para apurar o caso, o piloto e o operador da aeronave poderão ser multados e terem os certificados cassados, podendo haver também a suspensão cautelar da aeronave e da tripulação envolvida.

Políticos

A empresa Globo Aviações é de propriedade das empresárias goianas e irmãs Ana Flávia Azeredo Coutinho Abrão Siqueira e Alessandra Azeredo Coutinho Abrão, filhas do ex-deputado federal Pedro Abrão Júnior e primas da senadora Lúcia Vânia.

A senadora teria contratado o serviço de táxi-aéreo da família diversas vezes no ano passado, pagando cerca de R$ 70 mil em voos, pagos com dinheiro público, de acordo com a sua prestação de contas. Outro cliente da Globo é o sobrinho Lúcia e de Pedro, o deputado federal Marcos Abrão. Ele teria utilizado os serviços e pagou cerca de R$8.800.

Além de Lúcia Vânia e o deputado Marcos, o pré-candidato ao governo de Goiás, Daniel Vilela, do MDB teria gastado com a Globo Aviação, apenas em agosto do ano passado, R$ 37.455 em voos piratas.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.