Ana Cristina Peternella é a nova desembargadora do Tribunal de Justiça de Goiás

Procuradora de Justiça passa a ocupar vaga destinada ao MP-GO dentro do quinto constitucional; dez novos cargos de desembargadores foram criados por legislação aprovada em janeiro

Ana Cristina Ribeiro Peternella França, procuradora de Justiça, foi nomeada nesta quinta-feira, 23, pelo governador Ronaldo Caiado (UB) como desembargadora do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO). Esposa do também desembargador Carlos Alberto França, presidente da Corte, ela passa a ocupar a vaga destinada ao Ministério Público de Goiás (MP-GO) dentro do quinto constitucional.

O nome dela foi definido a partir da lista tríplice encaminhada pelo TJ-GO no início da semana para ser escolhida pelo governador. A procuradora era a primeira da lista, na sequência, estavam os procuradores de Justiça Eliseu José Taveira Vieira e Abraão Júnior Miranda Coelho. Anteriormente, o nome de Ana Cristina integrou a lista sêxtupla formada pelo Conselho Superior do MP. A posse ainda será agendada pelo TJ-GO.

Ana Cristina irá preencher um dos dez novos cargos de desembargadores criados pela Lei estadual nº 21.237, de 12 de janeiro de 2022. Dessas vagas, oito foram preenchidas por magistradas e magistrados de carreira, sendo as outras duas vagas destinadas ao quinto constitucional. Carlos França disse que o Tribunal de Justiça recebe com satisfação a escolha da procuradora. “Tenho a convicção de que a trajetória de trabalho e dedicação no MP-GO, o conhecimento jurídico, aliado à sensibilidade e espírito público, credenciam a nova desembargadora a contribuir para o engrandecimento do Poder Judiciário goiano”, discursou.

“Aprendi, durante esse longo tempo, a respeitar e admirar o Poder Judiciário do Estado de Goiás. Agradeço profundamente a distinção outorgada pelas votações ocorridas no Conselho Superior do MP e no Órgão Especial do Tribunal de Justiça. Recebo, com destacada honra e humildade, a confiança que me foi depositada por sua Excelência, o governador Ronaldo Caiado, e espero contribuir, com muito trabalho e disposição, para a construção diária de uma sociedade mais justa e igualitária”, destacou Ana Cristina.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.