Amauri Ribeiro diz que Talles Barreto será o primeiro convocado para CPI das Obras Paradas

Houve início de alvoroço durante anúncio, mas posteriormente tucano declarou que faz questão de participar e esclarecer o que for preciso

Foto: Felipe Cardoso / Jornal Opção

Na sessão ordinária dessa quinta-feira, 19, na Assembleia Legislativa de Goiás, o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das Obras Paradas no Legislativo, deputado Amauri Ribeiro (Patriota), usou a tribuna para afirmar que o parlamentar Talles Barreto (PSDB) seria o primeiro a depor para o colegiado. O anúncio causou um princípio de alvoroço na Casa, que logo se acalmou.

Amauri justificou a convocação de Talles, pois o tucano foi o secretário responsável por comandar o Programa Goiás na Frente no governo Zé Eliton (PSDB). “Programa, hoje, com centenas de obras paradas. Então, chamá-lo é praxe”, explicou o presidente da CPI, que garantiu que não haverá constrangimentos. “Será como qualquer outro”.

Sobre a reação de Talles, o deputado do Patriota afirma que ele se sentiu ofendido quando foi citado, porque ele foi equivocadamente informado que Amauri esteve na procuradoria para tratar dessa situação. “Eu disse que seria convocado, como presidente da CPI. Por mais que as pessoas achem que somos inimigos, nós temos um bom convívio e debatemos política”.

Mais tarde Talles foi até a mesa do colega para conversar em particular. Segundo Amauri, ele foi apenas dizer que “eu poderia falar direto a ele”.

Outro lado

Talles disse que depor não gera nenhuma preocupação. “Sempre me coloquei à disposição, pois tenho muito orgulho de ter participado por oito ou nove meses como secretário extraordinário do Goiás na Frente que, infelizmente, o governo atual não deu sequência. Estou muito feliz em poder contribuir. O objetivo é esclarecer, pois foi um grande programa”, afirmou.

Ele também disse que ficou no programa à frente dos convênios com municípios, mas que, se houver outra coisa que puder contribuir, fará com o maior prazer. “Eu não quero que ele volte atrás [sobre o chamamento]. Farei com o maior prazer, pois sou quem mais contribuiu. Somente a Raquel [Figueiredo] talvez possa ajudar mais”, acrescentou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.