Alimentos enriquecidos ou fortificados são sempre benéficos à saúde?

Nutrólogo explica diferença entre os tipos de adições e fala sobre a ação destes alimentos

Foto: Reprodução/Instagram: @drmurillobrandaojr

É comum encontramos nas prateleiras dos supermercados produtos com o rótulo contendo as inscrições: alimento enriquecido, ou alimento fortificado. Mas afinal, o que existe de diferente nesta composição para que recebam essa denominação?

O nutrólogo, Murillo Brandão Júnior, explica que o primeiro passo é distinguir os alimentos enriquecidos dos fortificados. “O enriquecido já tem o nutriente, mas em quantidades muito pequenas, se fazendo necessário um aporte maior. Já o fortificado não tem o nutriente, ou tem em quantidades ínfimas. Então esse produto passa a receber esse nutriente com o intuito de suprir as necessidades”.

Em relação aos nutrientes que podem ser adicionados aos alimentos, Murillo explica que existe uma gama muito grande que pode ser utilizada, seja de vitaminas, minerais ou óleos essenciais. E cita como exemplo a vitamina A: “Estudos mostram que entre 30% e 50% das crianças abaixo de cinco anos não ingerem a quantidade recomendada”, fato que justifica a importância do acréscimo desta substância.

Alguns alimentos, por sua vez, são obrigados pela legislação a acrescentarem nutrientes, é o caso do ácido fólico que, hoje, está presente em todas farinhas produzidas no Brasil. Além disso, estão presentes minerais como ferro e zinco, que são citados pelo médico.

É importante ressaltar que, apesar, de os nutrientes adicionados serem importantes para a saúde, deve-se atentar à que tipo de alimentos eles estão sendo integrados. O médico cita como exemplo bebidas açucaradas: “Existe um apelo comercial, às vezes o produto enriquecido com um mineral qualquer, mas quando ingerida por uma pessoa obesa, por exemplo, não é benéfico.

O nutrólogo explica ainda, que os alimentos fortificados podem ser ingeridos por qualquer público, mas reitera que, em crianças a necessidade é maior, e desde, que com critério, essa adição é uma alternativa inteligente para corrigir déficits.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.