Alexandre Baldy não acredita em impeachment: “É mais fácil Dilma renunciar”

Deputado federal tucano relata que clima em Brasília é muito ruim, mas não há movimentação pró-impeachment ainda

Deputado tucano fala que presidente ficará sem governabilidade | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Deputado tucano fala que presidente ficará sem governabilidade | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O deputado federal Alexandre Baldy (PSDB) afirmou, em visita ao Jornal Opção, que, hoje, não há movimentação da Câmara Federal na direção de um pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

De acordo com ele, o clima está muito ruim e “sem perspectiva de melhora”. No entanto, o goiano aposta mais em uma renúncia da mandatária petista do que um impedimento. “A crise daqui pra frente deve se aprofundar ainda mais e deixar a presidente sem governabilidade”, relatou ele.

O tucano lembra, ainda, que a relação do Planalto com a Casa de Leis — comandada pelo PMDB — não está boa e, também, deve piorar. “Um impeachment é um processo muito difícil — e distante. Eu acho improvável, acho mais fácil ela desistir e entregar o governo para o Michel [vice-presidente Michel Temer (PMDB)]”.

 

4 respostas para “Alexandre Baldy não acredita em impeachment: “É mais fácil Dilma renunciar””

  1. Avatar Manuel Ferreira disse:

    Não tenho nenhuma simpatia pela presidente, mas uma coisa reconheço: renúncia (que sempre depende de iniciativa dela), para mim, é impossível, por toda a história dela e por todas as características dela.

  2. Avatar Santos Mallman Santos disse:

    NÃO SÃO OUTROS QUE DEVAM RENUNCIAR?

    AINDA SOU MAIS ELA!
    Tudo certinho… Contratam o Moro, mete empresários em cana que só podem confessar nomes do PT, do Governo e aliados… Do PSDB e oposição só os
    “mortos” e nem se quer saber com quem os “vivos” foi dividido a grana.
    Sequer se busca em obras destas mesmas empresas prestadoras da Petrobrás os quantos de PROPINAS pagaram ou pagam em obras que elas executam sob ordens de governos tucano. Afinal o lema é feito assim… “Tudo Pelo PT”. Seguindo a cartilha vem a Globo que fica 24 horas batendo e liderando – como sempre as tentativas golpistas, depois a mídia do PIG esmurrando, sem falar na
    Veja-bandida dando outros golpes baixos com a presteza de sempre. E o ponto
    final uma “pesquisa” como a “cereja do bolo”… Tudo bem
    ensaiado e combinado pra um “Golpe de Mestre” na Dilma. Providencialmente foram além camuflando e escondendo todas as falcatruas
    e roubos de tucanos. As propinas de mais de 350 mil mensais do mensalão do
    Aécio em Furnas, dos dois bilhões de prejuízos no Metrô, do sumiço do
    helicóptero com 450 quilos de cocaína e do juiz que impede que se fale com os
    presos que a “justiça” colocou em liberdade e NÃO TEM CORAGEM de oferecer a
    eles uma DELAÇÃO PREMIADA, se o líder do DEM Agripino Maia recebeu mais
    propinas alem do 1,1 milhão de reais, de quantas contas- além das 8 mil do
    banco HSBC na Suíça espalhadas pelo mundo e certamente serão encontrados o UM TRILHÃO DE REAIS afanados, surrupiados, roubados na era de FHC e seus aliados, um tucano de uma media cidade do Estado do Rio que afanava até 30 milhões de reais por mês da mesma Petrobrás e do SUS, e centenas de outros roubos escondidos e não publicados. etc, etc. Por fim exaustos mas satisfeitos a mídia oposicionista canta vitória de ter “mutilado” e feito estragos por mais uma vez na “imagem de quem tanto odeiam” . Esperar agora pra ver o ainda longo períodoque falta até a próxima eleição que nome “ virtuoso” deva aparecer em
    substituição a velha “parceira de guerra” do PT. Excetuando os interesses
    mesquinhos, e de voltar se apossar do Estado vilipendiado no passado vai ser
    difícil uma escolha… Um dos 400 achacadores? Aécio novamente que cada dia tem o nome mais enterrado no legado nefasto do passado de drogas, bater em mulher e infinidade de desvios de grana rumo ao próprio bolso? E o Alckmin ? Que rezaria com todo fervor e amor na cartilha preconizada como ideal pela Elite Branca paulista? Sei não… No fundo ainda sou muito mais Dilma!…Pena que não pode ser Tri!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.