Agentes penitenciários encontram granada durante vistoria na POG

Operação também confiscou pistolas, um revólver e três outros artefatos explosivos que estavam com os presos

Armas encontradas durante vistoria da POG | Foto: Divulgação DGAP

Uma vistoria realizada na madrugada desta terça-feira (16/1) na Penitenciária Odenir Guimarães (POG), em Aparecida de Goiânia, resultou na apreensão de uma granada que estava em posse dos detentos dentro do complexo penitenciário.

A operação realizada pelo Grupo de Operações Penitenciárias (Gope) junto com as forças do Comando de Missões Especiais (CME) da Polícia Militar também encontrou quatro pistolas, um revólver, três artefatos explosivos improvisados e 600 munições.

O balanço dos artefatos encontrados foi divulgada pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP). O responsável pelo órgão, Coronel Edson Costa, prestará mais esclarecimentos à imprensa em coletiva na tarde desta terça-feira (16).

Em nota oficial, a diretoria explicou que a operação integra o cronograma de ações que ocorrem em todas as unidades prisionais goianas com o objetivo inibir a entrada e fazer a retirada de produtos ilícitos dos presídios.

“A DGAP ressalta que está trabalhando fortemente, apoiada nos serviços de inteligência policial e tecnológico, para evitar que os presídios goianos sejam utilizados para prática criminosa”, diz o posicionamento oficial.

Deixe um comentário