2ª etapa da vacinação contra aftosa começa nesta segunda-feira, 1º, em Goiás

De acordo com a Agrodefesa, o pecuarista tem até 7 de dezembro para comprovar a imunização por meio de declaração

Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa e Raiva dos Herbívoros 2021 | Foto: Agência de Notícias Go

Começa nesta segunda-feira, 1º, a segunda etapa da Campanha de Vacinação contra a Febre Aftosa e Raiva dos Herbívoros 2021. A ação, ordenada pela Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa) e da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), prossegue até 30 de novembro.

O pecuarista terá até 7 de dezembro para comprovar o rebanho existente e a imunização por meio da “Declaração de Vacinação e Rebanho – Etapa Novembro 2021”.

“Esta parceria entre o Governo de Goiás e o pecuarista goiano já dura 25 anos. Foi por meio dela que conseguimos erradicar a febre aftosa do Estado. Goiás hoje é referência mundial em qualidade da carne e sanidade animal”, lembra o secretário de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça.

Declaração

A “Declaração de Vacinação e Rebanho – Etapa Novembro 2021” deve ser feita preferencialmente no Sistema de Defesa Agropecuário de Goiás (Sidago) no site da Agrodefesa (sidago.agrodefesa.go.gov.br), com login e senha exclusivos do titular da propriedade. No caso de rebanhos superiores a 75 cabeças de bovinos/bubalinos, há obrigatoriedade de entrega por meio eletrônico via Sidago. Nos demais casos, o documento pode ser entregue presencialmente nas unidades da Agrodefesa, mediante agendamento. Os telefones estão disponíveis no site da Agência, na seção Fale Conosco.

Vacinas

O período de comercialização de vacinas nas revendas autorizadas vai de 29 de outubro a 30 de novembro. A imunização contra febre aftosa é obrigatória para bovinos e bubalinos de até 24 meses em todo o Estado. Já a vacinação contra raiva dos herbívoros é obrigatória para bovinos, bubalinos, caprinos, ovinos e equídeos de até 12 meses nos 121 municípios considerados de alto risco para a doença.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.