15 empresas de telecomunicação se inscrevem em leilão do 5G

O leilão irá sortear operadoras de serviços de conectividade móvel para utilizar a tecnologia 5G

Nesta quarta-feira, 27, um total de 15 empresas e consórcios se inscreveram no leilão para poderem usar a tecnologia do 5G. Os inscritos serão avaliados pelos técnicos da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) e os selecionados serão anunciados no dia 4 de novembro.

Na lista, encontram-se: Vivo, Claro, TIM,  Sercomtel e Algar Telecom. Além destes, outras 10 companhias se inscreveram, mas não ficou claro se elas são empresas brasileiras com atuação regional ou se são conglomerados de telecomunicações de outros países que podem querer atuar no Brasil.

“Cinco são empresas que já são prestadoras de serviços móveis. Outras 10 são entrantes. Isso é inédito na história da Anatel, um leilão com 10 novos pretendentes, o que é a prova que o modelo desenvolvido pela agência foi bem-sucedido em relação ao estímulo e à competição”, afirmou o superintendente de Competição e presidente da Comissão Especial de Licitação da Anatel, Abraão Balbino e Silva.

No leilão é esperado até cerca de R$ 50 bilhões de arrecadação. As empresas selecionadas deverão implantar o serviço de 5G entre 2022 e 2029 e proporcionar o atendimento em locais que tenham até 600 pessoas. Além disso, o produto deve também estar disponível para conectividade em escolas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.