Tocantins pede recursos emergenciais para combater a seca no sudeste

Marcelo Miranda e o ministro da Integração, Helder Barbalho | Foto: Divulgação

Marcelo Miranda e o ministro da Integração, Helder Barbalho | Foto: Divulgação

Dock Júnior

O governo do Estado solicitou ao Ministério da Integração Nacional (MIN) recursos emergenciais na ordem de R$ 6 milhões para o custeio da Operação Caminhão-pipa, nas 27 cidades que compõem a região sudeste do Tocantins. O pedido foi feito pelo governador Marcelo Miranda (PMDB), durante audiência com o ministro da pasta, Helder Barbalho, na quarta-feira, 17, em Brasília (DF). Mediante os argumentos apresentados, o ministério orientou o Estado a decretar situação de emergência como primeiro passo para o processo de liberação dos recursos de forma ágil. O Estado já tem a documentação pronta e o plano detalhado de resposta para encaminhar ao MIN e obter aprovação da Secretaria Nacional de Defesa Cível, etapas necessárias para que as medidas emergenciais sejam tomadas.

O sudeste do Tocantins é atendido com programas permanentes de combate à seca, ainda assim, a operação emergencial de caminhões-pipas se faz necessária para atender as famílias em áreas mais críticas. O problema da seca na região vem se agravando a cada ano. No momento, a população já sofre com mais de quatro meses de estiagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.