TJ/TO e Palmeirópolis assinam termo de cooperação para regularização fundiária

Prefeito Fábio Vaz e presidente da corte, Helvécio de Brito, oficializam parceria para apoio técnico, jurídico e administrativo para resolver a questão no município

Fábio Vaz e Helvécio de Brito: parceria | Foto: Rondinelli Ribeiro

O prefeito de Palmeirópolis, Fábio Pereira Vaz (PSD), e o presidente do Tribunal de Justiça do Tocantins, Helvécio de Brito Maia Neto, assinaram na quarta-feira, 18, termo de cooperação com objetivo de promover a regularização fundiária urbana no município. “Nós precisávamos dessa parceria, visto que já vínhamos buscando resolver essa questão. Então, o auxílio e a orientação do Judiciário chegam em boa hora”, frisou.

O termo prevê que o Poder Judiciário ofereça apoio técnico, jurídico e administrativo entre os cooperados, que serão monitorados e acompanhados pela Corregedoria Geral da Justiça por meio do Núcleo de Prevenção e Regularização Fundiária (Nupref), coordenado pelo juiz auxiliar da Presidência, Océlio Nobre. “É um ato importante, primeiro pela pacificação da propriedade, que vai trazer segurança jurídica e promover circulação de dinheiro no município, visto que os bancos passarão a conceder empréstimos aos proprietários com títulos de imóveis regularizados”, enfatizou o presidente do TJTO, ressaltando também os ganhos do Judiciário, com redução do número de processos, de litígios fundiários.

Palmeirópolis é mais um município a firmar formalmente termo de cooperação para promover regularização fundiária urbana com o Judiciário, em cuja lista já constam Pequizeiro, Tocantínia, Guaraí, Carrasco Bonito, Sampaio, São Sebastião do Tocantins, São Miguel do Tocantins, Caseara, Santa Rosa.  Outros 10 municípios já estão em processo de finalização do termo de cooperação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.