SSP firma parceria com a UFT

Secretário César Simoni: “Não se faz segurança pública sem parceria”

O secretário de Estado da Segurança Pública, César Roberto Simoni de Freitas, recebeu o reitor da Universidade Federal do Tocantins (UFT), Luis Eduardo Bovolato para a assinatura de termo de cooperação firmado entre a pasta e a instituição de ensino, na terça-feira, 12.

O pacto visa promover a cooperação mútua no campo do ensino, do estudo e da pesquisa científica, em regime de parceria entre a UFT e o Instituto Médico-Legal do Tocantins e permitirá que estudantes da universidade, especialmente do curso de Medicina, possam utilizar a estrutura do IML, a fim de participar de alguns procedimentos realizados pelo órgão, tais como necropsias e autópsias. Em contrapartida, a UFT realizará a manutenção de alguns equipamentos do IML, bem como permitirá que alguns exames periciais da Polícia Científica sejam realizados nos laboratórios da universidade.

O reitor Bovolato considerou que a parceria é extrema importância para as duas instituições uma vez que proporcionará aos estudantes da universidade, um ganho significativo em sua formação acadêmica. “Esse é um momento bastante feliz e positivo para as duas instituições, pois essa parceria é muito importante e produtiva e, tenho certeza, vai colaborar para aprimorar a formação dos nossos alunos, sobretudo do curso de medicina, que a partir de agora poderão utilizar a estrutura do IML, e ter aulas práticas, que muito contribuirão para a formação dos novos profissionais de saúde. É uma possibilidade de fortalecimento do ensino e da pesquisa e da relação institucional entre as duas entidades”, ressaltou o reitor.

O secretário César Roberto Simoni reforçou a importância do acordo firmado: “Parceria é tudo e, hoje em dia, não se faz segurança pública sem parceria e, no caso desse termo firmado hoje, não há despesas para lado nenhum, mas sim troca de cooperação, pois estaremos recebendo estudantes dos cursos da área de saúde, que irão estagiar em nossos institutos. Eles colhem, na prática, um aprendizado, junto aos nossos institutos e nós recebemos o trabalho temporário, a título de estágio dos estudantes. Experiência para eles, produtividade para nós”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.