Reforma do secretariado vai mexer em pastas importantes no governo

Dock Júnior

Médico Marcos Masafir: do Rio de Janeiro para a Saúde do Tocantins

Médico Marcos Masafir: do Rio de Janeiro para a Saúde do Tocantins

Após todos os secretários estaduais assinarem uma carta no último dia de 2015, colocando os cargos à disposição do governador Marcelo Miranda (PMDB), ele avisou que a reforma do secretariado, esperada desde novembro, sai até o final de janeiro.

Samuel Bonilha, secretário da Saúde, enfrenta pesada resistência do Sindicato dos Médicos do Estado (Simed) e deverá ser substituído pelo médico Marcos Esner Masafir, que ocupou a mesma pasta no governo do Estado do Rio de Janeiro, em 2014.

Outras duas pastas provavelmente passarão por alterações em seus comandos: Secretarias de Fazenda, hoje sob o comando do servidor de carreira da Sefaz Paulo Afonso Teixeira, e a Secretaria de Educação, atualmente comandada por Adão Francisco, uma indicação do PT. Para a Sefaz, dois nomes são especulados: o ex-secretário Marcelo Olímpio, que ocupou a pasta nos governos Marcelo Miranda, Carlos Gaguim (PMDB) e Siqueira Campos (PSDB); e o auditor da Receita Estadual de Goiás, Lívio Luciano Carneiro de Queiroz, homem de confiança do ex-governador de Goiás Iris Rezende e primo do publicitário Marcus Vinícius Carneiro, de fortíssima ascendência no governo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.