Processo de transição

O processo de transição do gover­no deve começar nesta sema­na, quando o governador eleito Marcelo Miranda (PMDB) vai cons­tituir uma comissão com esse objetivo. A expectativa do peemedebista é que o governo abra as portas para que a transição seja feita com a maior transparência possível, sem maquia­gem de dados e informações, principalmente no campo financeiro — dívidas pendentes, situação fiscal e convênios. Miranda espera receber um levantamento fidedigno da situa­ção de cada pasta para apresentar à Comissão.

O secretário de Planejamento, Joaquim Junior, adianta que o governo já começa a se organizar para entregar tudo em boas condições. O que se sabe, de antemão, é que o governo estaria inadimplente com o nome no Cadastro de Inadimplentes do Governo Federal (Cadin) o que estaria inviabilizando a liberação de recursos para alguns convênios.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.