Na terça-feira, 12, o candidato a governador Marcelo Miranda (PMDB) recebeu em sua residência, em Palmas, o apoio de mais oito prefeitos de outras coligações e partidos. Além dos prefeitos, o peemedebista recebeu a adesão de vários ex-prefeitos, vereadores e lideranças de diversas cidades do Tocantins.

Durante inauguração do comitê central da coligação, Marcelo Miranda disse que vários prefeitos estão sendo ameaçados por lideranças governistas. “Eles foram avisados de que as máquinas nos seus municípios estão sendo retiradas”, denunciou.

Governo pressionado

Os assistentes sociais do Tocantins caminharam na tarde de terça-feira, 12, até o Palácio Araguaia, com o objetivo de sensibilizar o poder Executivo para o cumprimento das 30 horas semanais da categoria, garantido por lei federal.

“Precisamos aproveitar o momento político para fazer o governador refletir sobre a importância de cumprir a lei das 30 horas; para isso, precisamos nos organizar como trabalhadores para buscar o nosso direito, que está posto e garantido na lei”, disse a conselheira do Conselho Regional de Serviço Social do Tocantins (Cress-TO), Janaína Costa.