Prefeita de Lizarda presta contas sobre 5 anos de gestão

Aliada de primeira hora de Carlesse, Sussu Matos fala sobre relação com governador em exercício, estradas e futuro político

Sussu Matos está no comando da prefeitura de Lizarda desde 2017 | Foto: Divulgação

Reeleita prefeita de Lizarda nas eleições de 2020, Sussu Matos (DEM), assim como muitos outros gestores municipais do Tocantins, começou o ano tendo de lidar com problemas de infraestrutura devido ao intenso período de chuva que o Estado atravessa. A força das águas tem levado estradas e desabrigado centenas de famílias tocantinenses.

Lizarda fica a pouco mais de 260 quilômetros de Palmas e o acesso entre as duas cidades tem 168 quilômetros de estrada de chão. Nesse período de chuvas, os atoleiros são comuns, a lama toma de conta e o percurso se arrasta por horas. Os moradores da cidade praticamente vivem no isolamento, já que os principais acessos são por rodovias estaduais (TO-020 e TO-235) sem pavimentação asfáltica.

Questionada sobre as ações que tem feito para mudar esse cenário nesses cinco anos de gestão, a prefeita responde que o assunto tem sido uma pauta constante de discussão com o governo estadual e que projetos para a chegada do asfalto estão em andamento.

“Os acessos a nossa cidade têm sido uma pauta constante juntos ao governo nesses cinco anos de mandato. O município tem um termo de cooperação com o Estado, portanto o trabalho de manutenção das TOs é realizado em parceria com o município e há um projeto que liga Lizarda a Palmas, passando pela cidade de Lagoa do Tocantins.”

Sussu disse que mesmo durante esse período de chuvas, as máquinas da Agência Tocantinense de Transporte e Obras (Ageto) estão nas estradas que dão acesso à cidade para tentar minimizar as dificuldades enfrentadas pelos motoristas.

Relação com a nova gestão estadual
Aliada de primeira hora do governador afastado Mauro Carlesse (PSL), Sussu Matos também foi perguntada sobre como é sua relação com o governador em exercício do Tocantins, Wanderlei Barbosa (sem partido), e como anda a liberação de recursos para o município sob o novo comandante do Palácio Araguaia.

“O governador (em exercício) tem olhado para nós, principalmente em relação a questão da estrada. A nossa relação é boa e até o momento o governo pagou uma emenda de 2019 e a primeira parcela de um dos convênios do Projeto Tocando e frente. Com a primeira, faremos a revitalização do canteiro central da Avenida 1º de Janeiro; já a segunda é para pavimentação”, destacou a gestora. Com relação ao impeachment de Carlesse, a prefeita diz esperar que o trabalho da Justiça seja feito.

Futuro
Em relação aos próximos passos na política, a gestora desconversa sobre o futuro e um possível candidatura ao Legislativo. Ela também não falou sobre possíveis apoios para a eleição deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.