Povos indígenas do Tocantins recebem orientações de prevenção à Covid-19

Segundo a coordenadora do Conselho Indigenista Missionário, Laudovina Pereira, algumas comunidades já bloqueiam a entrada para seus territórios

Povos indígenas do Tocantins: preocupação com a Covid-19 | Foto: Governo do Tocantins

Após o advento da pandemia da Covid-19, o Governo do Tocantins tem orientado lideranças indígenas para que sigam as recomendações das autoridades em saúde mundiais, do Governo Federal e do Estado para combater a transmissão do novo coronavírus entre os povos indígenas do Tocantins. Historicamente, os surtos infecciosos são mais letais aos povos indígenas.

A coordenadora do Conselho Indigenista Missionário, Laudovina Pereira, contou que os povos indígenas do Tocantins tomaram medidas de prevenção ao contágio. “As lideranças indígenas estão preocupadas e alguns povos como Apinajé, Krahô, Krahô-Kanela, Karajá de Xambioá, Karajá e Javaé estão fazendo por conta própria o fechamento das entradas dos seus territórios, com barreiras, evitando assim, a entrada de pessoas que não são indígenas, para se protegerem do novo Coronavírus”, destacou.

As lideranças estão preocupadas com a ida dos indígenas às cidades para receberem os recursos dos programas sociais, como Bolsa Família e aposentadoria, que são utilizados para fazerem compras de suprimentos necessários à sobrevivência. E, nesse contexto, caso contraiam a doença, levariam o vírus para as aldeias.

Para prevenir que isso aconteça, as lideranças têm orientado os indígenas, com base nas informações repassadas pelos meios de comunicação baseadas em recomendações das autoridades de saúde, que limpem tudo que entra nas comunidades. “Eles estão atentos aos materiais e aos insumos que são externos e que porventura entram nas aldeias, como alimentos, por exemplo”, destacou a coordenadora do Cimi.

Povos indígenas no Tocantins
São aproximadamente 15 mil indígenas no Estado, divididos em dez povos indígenas no Tocantins, sendo eles: Apinajé, Avá Canoeiro, Javaé, Kanela do Tocantins, Karajá, Karajá Xambioá, Krahô, Krahô aldeia Takaywra, Krahô Kanela, Xerente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.