“Em frente minha casa, na TO-050, estão recapeando sem ter nenhum buraco. Caso de polícia. Conclamo o MP estadual”. A denúncia é da senadora Kátia Abreu (PMDB). Ela, que é candidata à reeleição afirma que cidades são selecionadas para receber o recapeamento de acordo com apoio político. No entendimento da parlamentar, o objetivo do governo é produzir fatura para irrigar campanha através da construtora que está fazendo o “serviço porco”.
Kátia disse que o Ministério Público Estadual receberá representação de sua autoria sobre o assunto. “A TO-050 é só um exemplo. Fizeram a mesma coisa na estrada que liga Sandolândia a Formoso. O serviço está pior do que o asfalto atual. Denuncio aos órgãos competentes e à imprensa. Venham ver com seus próprios olhos o abuso”, acrescentou.