Osires adere ao discurso populista durante campanha

A busca do voto é mesmo incessante e localidades onde o ex-chefe Poder Legislativo jamais havia pensado em pisar hoje são colégio eleitoral em potencial

Osires Damaso: Bico do Papagaio desvalorizado durante seu mandato | Foto: divulgação

Carlos Amastha (PSB) e José do Lago Folha Filho (PSD) não são os únicos que percorreram a região do Bico do Papagaio exaltando discursos populistas. Outro candidato a deputado federal da chapa, o deputado estadual Osires Damaso (PSC), que já foi presidente da Assembleia Legislativa, também percorreu aqueles rincões, visitando as cidades de Tocantinó­polis, Aguiarnópolis, Palmeiras do Tocantins, Santa Terezinha, Praia Norte, São Bento, Esperantina, Buriti do Tocantins, São Sebastião, Carrasco Bonito, Sampaio, Araguatins, Axixá, Sítio Novo, São Miguel, Itaguatins, Maurilândia, Augustinópolis e Darcinópolis.

A busca do voto é mesmo incessante e localidades onde o ex-chefe Poder Legislativo jamais havia pensado em pisar hoje são colégio eleitoral em potencial. Em palanque armado numa das cidades mencionadas, Damaso disse que o Bico do Papagaio é uma região que precisa ser valorizada, principalmente nas áreas de emprego e agricultura. “Estou conversando com lideranças e a comunidade sobre as necessidades da região e quero trabalhar junto ao governo federal para trazer os recursos que sanem as demandas que a população precisa. Também trazer o apoio ao pequeno produtor rural e dar oportunidade aos nossos jovens por meio de políticas públicas que incentivem a capacitação profissional.”

A pergunta que não quer calar é qual seria a razão do candidato, durante os oito anos de mandato, entre os quais dois na condição de presidente da Casa Legislativa, não ter valorizado a região e nem tampouco protocolado nenhum projeto que beneficiasse o Bico do Papagaio? Enfatiza-se, desde já, que votar a favor ou subscrever um projeto alheio, por conveniências momentâneas, não significa necessariamente compromisso com determinada região.

A conclusão é que essa história de que o parlamentar é eleito para defender o Estado inteiro muitas vezes não condiz com a realidade. A ampla maioria dos parlamentares defende apenas suas próprias bases e olhe lá. No caso de Damaso, apenas as cidades onde estão seus estabelecimentos comerciais ou propriedades rurais, localizadas na região central do Tocantins.

Deixe um comentário